Skip to content
SPA – O Mal do Século

A influência da tecnologia na sociedade humana

tecnologia na sociedade humana-SPA

Last Updated on

A influência da tecnologia na sociedade humana e o uso de novas tecnologias promove uma mudança no universo humano.

A fotografia, a televisão e o cinema começaram a obrigar-nos a mudar até os verbos, o vocabulário, que tradicionalmente usamos para comunicar.

As imagens técnicas produzidas pelos meios audiovisuais estão conectando, gerando novos significados entre os seres humanos, outras relações entre diferentes pessoas que compõem a sociedade em rede contemporânea a partir da convergência proporcionada pelos avanços tecnológicos.

Com a digitalização, nossos monitores residenciais de alta definição podem mostrar cenas e imagens de todo o mundo, bem como da sala adjacente, de provedores de conteúdo sob demanda, de áudio de rádio digital de renome mundial, de hiper informação online (jornais, revistas, TV aberta ou paga), de lojas virtuais e de todas as formas de comércio virtual.

O desenvolvimento da tecnologia digital faz com que os seres humanos surjam num universo online.

O livre acesso aos meios de comunicação determina a proximidade entre diferentes comunidades, o conhecimento de novas realidades e a construção de novas relações.

Resta ver se a convergência dos meios digitais, a formação de redes atualmente visualizadas tenderão mais para a promoção da integração social ou para a superficialidade das relações humanas que promovem o isolamento dos indivíduos no mundo real.

O uso de computadores e da Internet tem influenciado significativamente as relações humanas, especialmente em termos de comunicação.

No entanto, nenhuma outra forma de comunicação pode ser considerada mais natural do que face a face.

Portanto, Knock (2001) comenta que outras formas de comunicação, incluindo as mediadas pelo computador, requerem um esforço cognitivo muito maior do que seria naturalmente necessário na comunicação face a face.

Por outro lado, o autor afirma também que o conhecimento que adquirimos através das nossas relações com o ambiente também influencia a percepção da naturalidade dos meios de comunicação e faz com que o homem aprenda diferentes formas de comunicação, apesar da estranheza que possa sentir inicialmente.

Isto mostra que o homem é capaz de se adaptar biologicamente às mudanças promovidas pelo rápido desenvolvimento das tecnologias. Portanto, as tecnologias influenciam o homem da mesma forma que o homem também influencia o desenvolvimento das tecnologias.

Influência das Redes Sociais na Sociedade Humana

Influência das Redes Sociais na Sociedade Humana-SPA
Influência das Redes Sociais na Sociedade Humana-SPA

Para compreender a influência das redes sociais na sociedade, é estritamente necessário explicar o conceito de rede e também a sua importância em termos históricos para a própria comunicação.

Uma rede social é todo o site que permite adicionar amigos ou seguidores, fotos, informações pessoais e dá acesso a uma série de possibilidades de contato entre as pessoas através de perfis, uma página pessoal com dados, fotos e espaço para as pessoas se comunicarem umas com as outras.

A rede social representa agora um conjunto de participantes autônomos, que unem ideias e recursos em torno de valores e interesses comuns.

Antes do surgimento e da popularização desse tipo de interação social, o e-mail era a principal ferramenta on-line para a troca de informações entre conhecidos, nesse modo de conversa – que ainda existe hoje, mas foi eclipsado – havia dois problemas, apenas aqueles que sabiam que o endereço de e-mail poderia se comunicar com a pessoa, já que não havia como localizar alguém através desse sistema e o principal, que não era dinâmico, interativo e não muito imediato, sua funcionalidade era baseada no antigo sistema de correspondência em papel.

O sociólogo americano Robert Weiss escreveu na década de 1970 que existem dois tipos de solidão: emocional e social.

Segundo Weiss, “Solidão emocional é o sentimento de vazio e inquietação causado pela falta de relacionamentos profundos.

A solidão social é o sentimento de tédio e de marginalização causado pela falta de amizades ou pelo sentimento de pertença a uma comunidade.

Vários estudos têm reforçado a tese de que os locais de relacionamento diminuem a solidão social, mas aumentam significativamente a solidão emocional.

Outro fator negativo é a segurança, a exposição de dados em uma rede aberta ao público em geral comporta uma série de riscos e aumenta as chances de cair em fraudes e de ser vítima de uma série de fraudes virtuais.

Um termo que aparece em paralelo com estes sites, demonstra um dos principais problemas, os chamados “perfis falsos”, um perfil deste tipo é gerido por alguém que não é a pessoa cujo perfil afirma ser, pode ser uma pessoa famosa ou comum. Uma vez que a Internet permite não só o anonimato, mas também a emulação de identidade, é muito perigoso interagir com estranhos nessas redes.

Metodologia

De acordo com Ana Cláudia Fernandes Terence e Edmundo Escrivão Filho, em termos de metodologia, ambos compartilham o mesmo entendimento, ou seja:

A pesquisa qualitativa enfatiza o processo e seu significado, enquanto a pesquisa quantitativa se refere à medida (quantidade, frequência e intensidade) e analisa as relações causais entre as variáveis.

A crítica dos pesquisadores quantitativos à abordagem qualitativa baseia-se nos seguintes pontos: a pesquisa não seria confiável, pois introduziria o viés do pesquisador; seus resultados não seriam reprodutíveis; mesmo que houvesse algum grau de reprodutibilidade, a interpretação seria suscetível a mudanças.

Pesquisadores qualitativos relatam que a abordagem quantitativa é restritiva, representando um retrato reducionista de complexidade social, não capturando o ponto de vista do indivíduo, utilizando grandes amostras e distanciando o pesquisador da rotina diária do objeto. (ANA CLÁUDIA FERNANDES TERENCE AND EDMUNDO ESCRIVÃO FILHO, 2006, p.7).

Segundo os autores Lilia Maria Bitar Neves, Douglas Alex Jankoski e Marcelo José Schnaider Pesquisa Bibliográfica:

É o estudo de um tema específico, processado em bases de dados nacionais e internacionais contendo artigos de revistas, livros, teses e outros documentos. Como resultado, obtém-se uma lista com as referências e resumos dos documentos encontrados nas bases de dados (Lilia Maria Bitar Neves, Douglas Alex Jankoski e Marcelo José Schnaider, 2013 p.2).

Portanto, a qualidade das informações é essencial para a análise das informações coletadas e da pesquisa bibliográfica que será realizada.

Considerações Finais sobre a Tecnologia na Sociedade Humana

A proposta do trabalho realizado foi analisar como a tecnologia da informação influência no comportamento humano.

Durante a análise observou-se que o comportamento humano é influenciado de diversas formas seja ele psicológico ou físico.

As pessoas mudam seu comportamento físico, no sentido de evitar locomoção “desnecessária” para obter o objeto satisfação ou serviço, portanto o esforço de caminhar de um local para outra deixa de ser executado.

Mudanças no sentido psicológico ocorrem visto a necessidade da integração social e do trabalho, estar atualizado tecnologicamente se torna uma “obrigação” em virtude da pessoa ter dificuldades em conquistar uma vaga no mercado de trabalho, e conviver com outras pessoas de forma social.

A tecnologia da informação no meio profissional tornou-se uma necessidade de sobrevivência das pessoas e empresas.

Estar bem informado e em curto espaço de tempo tornou-se a diferença entre o sucesso e o fracasso das organizações empresariais e pessoas, adaptar-se de forma cada vez mais rápida as novas necessidades do mundo moderno tem feito com que as pessoas tornem-se uma verdadeira “metamorfose” ambulante visto a necessidade de se enquadrar nos novos padrões da sociedade moderna.

Durante a análise pudemos perceber o quanto as pessoas dependem da tecnologia da informação, utilizando como exemplo a influência sobre forma do Estado de combater o crime, cobrar tributos, divulgar informações etc.

Observou-se comportamento do Estado na forma de cobrar tributos, informar o contribuinte, os meios onde as pessoas podem obter de informações juntos aos órgãos governamentais.

Inclusive as mudanças na forma de adquirir produtos e serviços as quais o Estado tornou-se obrigado a fazer, executando as compras de forma mais ágil, econômica e sem esquecer da publicidade onde o contribuinte pode fiscalizar as ações do Estado.

O assunto sobre a dependência da tecnologia da informação é bastante polêmico, pois o uso de forma correta vem a beneficiar as pessoas, mas em demasia pode se tornar um vício ou mesmo o excesso de dependência em relação a tecnologia da informação pode ser prejudicial ao próprio usuário.

A única coisa certa é que o ser humano procura adaptar-se as novas tecnologias criadas, pode-se dizer também que é uma nova forma de evolução da espécie humana, mas este não fez parte do estudo afim de não tornar o conteúdo extenso em demasia e não perder o foco nos trabalhos realizados.

Entretanto, é possível realizar o estudo da psicologia humana em relação a tecnologia da informação, fisiologia humana no sentido de que as pessoas não precisam mais fazer esforço físico para realizar as tarefas, influência na coordenação motora.

RESUMO

A proposta desenvolvida neste artigo foi analisar como a tecnologia da informação pode influenciar o comportamento humano, a dependência das pessoas em relação à tecnologia da informação.

Foram realizadas análises nas quais foram observadas mudanças físicas e mentais das pessoas e mudanças no comportamento das empresas.

Houve uma melhor compreensão da importância de se estar bem informado sobre a diferença entre fracasso e sucesso pessoal e profissional.

Portanto, é preciso ressaltar que, apesar da pesquisa acadêmica, a sociedade está cada vez mais exposta através dessas redes sociais e um maior controle de seu impacto na sociedade deve ser estudado, pois sem esse controle podemos estar caminhando em grandes passos rumo ao isolamento e dependência das redes sociais, através da interação com outras pessoas – cuja pesquisa mostra que essas relações são insatisfatórias para a complexa psique humana.

62 / 100 SEO Score